quarta-feira, 15 de outubro de 2014


Minireforma da Previdência que reduz pensões ganha destaque no Les Echos

A edição de quarta-feira (7) do jornalLes Echos relata que a presidente Dilma Rousseff enviou uma série de MPs ao Congresso que tornam mais rigoroso o acesso a alguns benefícios da Previdência Social. A minireforma visa economizar 18 bilhões de reais por ano, segundo o novo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa

Les Echos destaca a MP que reduz as pensões das viúvas. O jornal diz que, no Brasil, o provérbio machista que recomenda aos homens trocar uma mulher mais velha por duas de 20 anos causa prejuízos ao governo. Idosos na aposentadoria são cortejados por mulheres mais jovens que se aproveitam da morte dos cônjuges para receber aposentadoria para o resto da vida, conta o Les Echos.

O jornal informa que o governo brasileiro limitou os critérios para obtenção da pensão por morte, além de reduzir seu valor. A medida foi pensada para desencorajar os casamentos oportunistas.

Les Echos nota que as mudanças mais importantes da minireforma previdenciária mexem com os direitos dos trabalhadores. O governo endureceu os critérios de obtenção do seguro-desemprego e do abono salarialpara quem recebe até dois salários mínimos.

O jornal lembra que Dilma prometeu durante a campanha não comprometer as "aquisições sociais", mas, diante da degradação das contas públicas, ela foi tomada pelo realismo. Com a nova equipe econômica, Les Echos prevê uma batalha em torno do aumento do salário mínimo.

Fonte:http://www.portugues.rfi.fr/brasil/20150107-minireforma-da-previdencia-que-reduz-pensoes-ganha-destaque-no-les-echos



0 comentários:

Postar um comentário

Followers

Google+ Followers

Leve nosso QR Code

Leve nosso QR Code